terça-feira, 26 outubro de 2021
Aqui você fica por dentro de tudo que acontece em Brazlândia.

Brazlândia – DF

Notícias

Sejus inicia palestras pelo fim da violência contra a mulher no DF

2 Mins read

ONU também iniciou campanha de visibilidade às mulheres e meninas que enfrentaram a violência antes e durante a pandemia do novo coronavírus

Violência contra mulher
Hugo Barreto/Metrópoles
A Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) inicia nesta quarta-feira (25/11) ciclo de palestras e debates com o público atendido pelo programa Pró-Vítima, voltado às vítimas de violência, e os frequentadores da Praça dos Direitos do Itapoã. A programação inclui a realização do webinário “Empoderar para prevenir a violência de gênero” e faz parte das comemorações do Dia Internacional pela Eliminação da Violência contra a Mulher, celebrado neste 25 de novembro.O nome da ação é “Desvendando a Violência”, para promover uma reflexão sobre o tema. “Vamos fazer uma conversa aberta sobre os tipos de violência contra a mulher. Sabemos que muitas vítimas só tomam conhecimento da situação que estão vivendo quando escutam exemplos e aprendem quais são os tipos de violência”, afirmou a secretária de Justiça e Cidadania, Marcela Passamani. “É por isso que promover essa reflexão é essencial”, concluiu.

A primeira atividade será a realização da palestra “Uma conversa aberta sobre os tipos de violência contra a mulher”, nesta quarta-feira (25), às 9h30, no Auditório da Administração de Taguatinga. No dia 1º de dezembro, às 7h30, esse bate-papo ocorrerá na Praça dos Direitos do Itapoã, com as mulheres que fazem aula de Zumba no espaço.

16 dias de ativismo

A Organização das Nações Unidas no Brasil (ONU) também vai trabalhar com informação para dar visibilidade às mulheres e meninas que enfrentaram a violência antes e durante a pandemia do novo coronavírus. A ONU lançará a campanha nacional Onde Você Está que Não me Vê?, com o conceito Somos Nossa Existência.

A ação está sendo implementada durante a mobilização mundial 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres, que começou em 20 de novembro (Dia da Consciência Negra) e vai até 10 de dezembro (Dia Internacional dos Direitos Humanos).

Ao longo deste período, a ONU Brasil destacará o processo de invisibilização e violência que as mulheres e meninas têm enfrentado antes e durante a pandemia da Covid-19. A campanha é inspirada na canção “O que se Cala”, composição de Douglas Germano e interpretação de Elza Soares.

Informações Correio Braziliense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
Queremos ouvir você! Ajude o Portal de Brazlândia a ficar com a sua cara.
👋 Mande sua mensagem, notícia, elogio, reclamação ou dúvida sobre anúncio

Os cookies nos ajudam a fornecer, proteger e melhorar nossos produtos e serviços. Ao usar nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Configurações de cookies

Abaixo você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalOur website uses functional cookies. These cookies are necessary to let our website work.

AnalyticalOur website uses analytical cookies to make it possible to analyze our website and optimize for the purpose of a.o. the usability.

Social mediaOur website places social media cookies to show you 3rd party content like YouTube and FaceBook. These cookies may track your personal data.

AdvertisingOur website places advertising cookies to show you 3rd party advertisements based on your interests. These cookies may track your personal data.

OtherOur website places 3rd party cookies from other 3rd party services which aren't Analytical, Social media or Advertising.