sábado, 16 outubro de 2021
Aqui você fica por dentro de tudo que acontece em Brazlândia.

Brazlândia – DF

Notícias

Negros do DF têm jornada de trabalho maior e remuneração menor

2 Mins read

Dados da Codeplan mostram que a população de homens negros do DF trabalha, em média, 41 horas por semana e recebe R$ 3.229 por mês, enquanto mulheres e homens não negros trabalham menos e ganham mais

 (crédito: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
(crédito: Ana Rayssa/CB/D.A Press)

A desigualdade social que afeta o dia a dia da população negra pode ser invisível aos olhos de quem não sofre preconceito e não consegue enxergar as barreiras do outro, mas fica clara quando se analisam pesquisas sobre a população do Brasil e da capital federal. A Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) divulgou dados que sintetizam a realidade dos moradores negros do DF. A pesquisa mostra que os não negros trabalham em jornadas de trabalho menores e recebem uma remuneração maior.

A análise foi realizada com base na Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED), em razão do Dia Nacional da Consciência Negra, nesta sexta-feira, 20 de novembro. Os dados mostram que os homens negros têm, em média, 41 horas de trabalho por semana, com rendimento mensal de R$ 3.229. Os homens não negros, por outro lado, têm uma jornada semanal de 40 horas, com rendimento por mês de R$ 5.871.

A desigualdade também é marcante no trabalho das mulheres. As negras do DF têm 38 horas de serviço por semana e recebem R$ 2.646 por mês, enquanto as não negras trabalham o mesmo tempo, em média, e contam com rendimento de R$ 4.696. “Os homens negros tinham a maior jornada média de trabalho semanal, 41 horas, independente disso, seu rendimento mensal era inferior ao das mulheres não negras, que trabalhavam três horas a menos por semana. As mulheres negras continuaram a receber os menores rendimentos médios, entre abril e setembro de 2020”, destaca o texto da Codeplan.

Desemprego

A pesquisa analisou ainda as dificuldades de inserção no mercado de trabalho. Embora os negros sejam 57,6% da população do DF, eles representam 72,6% dos desempregados na capital. “De abril a setembro deste ano, 63,8% dos negros com idade igual ou superior a 14 anos participavam do mercado de trabalho brasiliense, em busca de ocupação. Porém, mais de um quinto dessa força de trabalho negra permaneceu desempregada durante esse período (22,3%)”, pontua a Codeplan.

As mulheres negras encontram ainda mais barreiras. Elas compõem o segundo maior grupo da População Economicamente Ativa do DF, 30,9%, mas representam a maior parcela dos desempregados, 39,3%. No recorte das Regiões Administrativas, observa-se que apenas 33,1% dos moradores de locais de alta renda da capital são negros, enquanto 66,6% dos habitantes de RAs de média-baixa renda são negros.

Em um dos caminhos para se alterar esses cenários, a educação, percebe-se na pesquisa um aumento da proporção de negros com ensino superior. Entre 2011 e 2018, essa taxa aumentou de 15,3% para 24,6%. Porém, apenas 14% dos jovens negros possuem a oportunidade de cursar o ensino superior.

 

Informações do Correio Braziliense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para lhe ajudar.
👋 Anuncie com a gente!

Os cookies nos ajudam a fornecer, proteger e melhorar nossos produtos e serviços. Ao usar nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Configurações de cookies

Abaixo você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalOur website uses functional cookies. These cookies are necessary to let our website work.

AnalyticalOur website uses analytical cookies to make it possible to analyze our website and optimize for the purpose of a.o. the usability.

Social mediaOur website places social media cookies to show you 3rd party content like YouTube and FaceBook. These cookies may track your personal data.

AdvertisingOur website places advertising cookies to show you 3rd party advertisements based on your interests. These cookies may track your personal data.

OtherOur website places 3rd party cookies from other 3rd party services which aren't Analytical, Social media or Advertising.