Já ouviu falar de barba no vapor?

André Rocha – Barbeiro profissional

Fazer a barba não é uma tarefa fácil! Quando você se barbeia com uma lâmina, você está correndo o risco de irritações, pelos encravados e até cortes no rosto, por isso muitos homens preferem deixar essa tarefa para um profissional realizar.

Hoje, as melhores barbearias já contam com um equipamento que libera vapor de ozônio para um barbear ainda mais perfeito e delicado. O equipamento é importado e foi desenvolvido especificamente para a realização deste trabalho, pois ele direciona o vapor na região escolhida.

Inicialmente, o cliente recebe uma quantidade de vapor quente no rosto para a abertura dos poros, dessa forma os pelos ficam maleáveis e saem com mais facilidade na hora em que o barbeiro passa a navalha, sem agredir a pele. Enquanto a barba é feita, o vapor de ozônio provoca um efeito bactericida, proporcionando uma limpeza mais profunda na região, o que dificulta também a inflamação dos folículos capilares, que causa muitas vezes dor e incômodo ao homem.

Outros benefícios deste procedimento são a remoção de acnes, cravos, o controle da oleosidade e hidratação do rosto. Após a realização do barbear, é necessário o fechamento dos poros, para isso, é necessário alterar a temperatura do equipamento, para que ele passe a ter um vapor frio com uma temperatura próxima aos 5°. Durante esse processo o barbeiro aplica uma loção pós-barba para hidratar a área e fazer uma breve massagem no rosto com movimentos circulares.

Os benefícios da barba feita com vapor de ozônio são inúmeros, mas para quem prefere o método tradicional, é aconselhável se barbear durante o banho quente, pois o alguns benefícios encontrados nos vaporizadores de ozônio como a de abertura dos poros também se aplicam durante o banho quente.

Esta e outras dicas de cabelo e barba você encontra aqui semanalmente. Um forte abraço a todos e até breve.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.