Ibaneis inaugura ponte que deve desafogar trânsito entre Vicente Pires e Taguatinga

“Quando a gente vê as obras dessa região, isso nos dá muito orgulho”, comemora o chefe do Executivo local

O governador Ibaneis Rocha (MDB), inaugurou a ponte entre a Rua 4 e a Avenida da Misericórdia, em Vicente Pires, na manhã desta sexta-feira (20/8).

Construída sobre o Córrego Samambaia, a ponte liga a Rua 4 ao bairro Colônia Agrícola Samambaia, próximo ao Taguaparque. A obra – orçada em R$ 2,3 milhões – vai melhorar o fluxo de carros entre as duas regiões, beneficiando cerca de 20 mil motoristas.

Ibaneis Rocha comentou que a ponte cria mais uma possibilidade de acesso para a população de Vicente Pires.

“Nós colocamos como determinação do nosso governo, transformar a vida dos moradores de Vicente Pires. Quando a gente vê as obras dessa região, isso nos dá muito orgulho. Tá faltando a iluminação e fica aqui a determinado para que se faça a iluminação em toda essa região para que a população possa transitar com segurança”, determinou Ibaneis.

Uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), será inaugurada nos próximos meses na região administrativa. “Ando por essa cidade toda e nunca recebi um gesto de revolta da população. Estamos nos dedicando muito ao DF. Vamos chegar ao final do governo com a realização de mais de mil obras na capital. Nós vamos entregar uma Vicente Pires completa”, prometeu o titular do Palácio do Buriti.

Presidente da Terracap, Izidio Santos, disse que ver a obra da ponte concretizada, é uma realização. “Vicente Pires saiu do caos e agora é uma cidade que pode ser comparada a todas as outras do DF”, afirmou

O administrador de Vicente Pires, Daniel de Castro, comemorou a inauguração. “É um dia de festa para a nossa cidade e toda a comunidade de Vicente Pires. É uma comunidade que sofreu muito. Chegou a hora dessa população ter toda honra e toda a glória com os equipamentos públicos que a cidade está recebendo desse governo”, pontuou o gestor.

A estrutura possui quase 14 metros de largura. Ao todo, foram gastos no projeto quase 140 toneladas em aço, cerca de 630 metros cúbicos de concreto e mais de 500 toneladas de massa asfáltica, empregando 175 operários ao longo de toda a obra.

No local, a empresa contratada pela Secretaria de Obras executou ainda 307 metros de drenagem e 380 metros de pavimentação asfáltica.

FONTE: Metropolis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.