GDF interditou 20 estabelecimentos no fim de semana prolongado

Interdições ocorreram por descumprimento de regras ou falta de autorização para funcionamento. Ibaneis decretou fechamento às 23h

Ambulantes
DF Legal/Divulgação
Com objetivo de aumentar a rigidez na fiscalização dos protocolos sanitários de combate à Covid-19, a Secretaria DF Legal vistoriou 84 estabelecimentos e interditou 20 deles, por descumprimento de regras ou falta de autorização para o funcionamento.Nos locais interditados, não estavam sendo obedecidos os protocolos previstos nos decretos de combate ao novo coronavírus, tais como o distanciamento social, o uso de máscaras pelos clientes quando não estivessem se alimentando e a disponibilização de insumos – como o álcool em gel –, entre outros.A intensificação das ações fiscais, em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública e forças de segurança, visa garantir a observância das medidas e protocolos sanitários.

“O objetivo principal é coibir o excesso de lotação (aglomerações) em bares e restaurantes do DF, alertar sobre o uso obrigatório de máscaras em áreas comuns desses estabelecimentos, quando não fazendo consumo de bebidas e alimentos, e a necessidade de aferição de temperatura e da disponibilização de álcool gel”, destaca o secretário da DF Legal, Cristiano Mangueira.

Além das interdições, 13 estabelecimentos foram notificados para que se adequem a regras diversas. Outros 7 autos de infração foram lavrados por falta de cumprimento a protocolos de segurança e mais três por falta de licença de funcionamento.

253 dias

Ainda de acordo com o DF Legal, o painel da força-tarefa do GDF de combate à Covid-19, de 23 de março a 29 de novembro (253 dias), aponta que foram realizadas 538.739 vistorias ao comércio, 67 aos shoppings do DF e 4.778 a feiras. Outros 12.666 ambulantes foram retirados das ruas e 24.275 estabelecimentos acabaram fechados compulsoriamente.

Mais de 395 estabelecimentos foram multados por descumprimento de medidas sanitárias e 1.678 foram interditados. Fiscais abordaram 82.225 pessoas pelo uso da máscara. Foram distribuídos 238.026 itens de proteção facial e 170 acabaram multadas pelo não uso de máscaras.

Fechamento de bares e restaurantes

O Governo do Distrito Federal (GDF) decretou, nesta terça-feira (1°/12), que os bares e restaurantes deverão encerrar o funcionamento às 23h.

A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), poucas horas após o governador Ibaneis Rocha (MDB) falar sobre a possibilidade de adotar medidas restritivas, em função da possível segunda onda de contaminações do coronavírus.

O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, se reúne nesta tarde com representantes do comércio para definir ações de prevenção.

Se não for possível chegar a um acordo, Ibaneis alertou que o governo local vai voltar a adotar medidas restritivas necessárias. O ramo mais atingido seria o de bares, “onde temos visto uma aglomeração muito grande”, segundo o governador.

Nessa segunda-feira (30/11), Okumoto detalhou medidas de enfrentamento a uma possível segunda onda do novo coronavírus na capital federal. O chefe da pasta disse que houve aumento na taxa de transmissão da doença.

 

Informações Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.