Em Brazlândia, mulher abandona criança de 28 dias em bar

Por Vinícius Brasileiro
A Polícia Militar atendeu mais um caso de abandono de incapaz neste domingo (3), em Brazlândia. Por volta das 16h30, policiais do Grupo Tático Operacional do 16º Batalhão (Gtop 36) receberam uma denúncia que uma criança recém-nascida teria sido deixada em um bar no Setor de Oficinas em Brazlândia.


Ao chegarem no local, os policiais encontraram a criança de apenas 28 dias de vida, em um carrinho de bebê e, a princípio, não conseguiram averiguar se a criança estava com vida. O Corpo de Bombeiro foi acionado e inicialmente não conseguiram checar os sinais vitais, visto que pela pouca idade os sinais são normalmente mais fracos e a criança estava visivelmente subnutrida.
Testemunhas relataram que a criança foi deixada por uma mulher que estava bebendo no local e ela tinha ido embora há mais de 2 horas. Pouco tempo depois, uma jovem de 22 anos compareceu ao local e se identificou como sendo a mãe da criança. Ela estava bebendo em outro bar com a mãe, avó da criança abandonada.
A criança despertou e foi entregue para a mãe amamentá-la. Em seguida, todos seguiram para a 18ª Delegacia, onde a mãe foi presa por abandono de incapazes. A criança foi entregue aos cuidados do Conselho Tutelar.

Abandono de incapaz
Art. 133. Abandonar pessoa que está sob seu cuidado, guarda, vigilância ou autoridade, e, por qualquer motivo, incapaz de defender-se dos riscos resultantes do abandono: Pena – detenção, de seis meses a três anos.

*Com informações da PMDF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.