quarta-feira, 19 janeiro de 2022
Aqui você fica por dentro de tudo que acontece em Brazlândia.

Brazlândia – DF

DestaqueNotícias

Aluna acusa diretor de “passar pano” para professor assediador durante formatura no DF

2 Mins read

Uma aluna aproveitou a formatura de sua escola, no Distrito Federal, para acusar o diretor de “passar pano” para um professor que teria assediado alunas. O episódio foi filmado e repercutiu nas redes sociais.

A denúncia aconteceu durante a cerimônia do CED 15, de Ceilândia, e foi postada pela própria protagonista. As imagens mostram a aluna recusando-se a tirar foto com o diretor, identificado apenas como Anderson, após receber seu diploma.

“Era para ser só uma formatura, mas começaram a ‘babar ovo’ do diretor e eu não aguentei. Primeiro, me recusei a tirar foto com ele. E resolvi falar, para todo mundo saber o que esse ‘ótimo diretor faz’”, ela escreveu na legenda do vídeo.

A aluna, então, toma para si um microfone e diz “discordar do que acabou de ser dito” sobre o diretor, momento no qual seu áudio é cortado. Mesmo assim, ela insiste.

“Desligaram meu microfone, mas eu vou falar. Falaram um monte de coisa do Anderson, que é bom diretor. Mas ele passa pano para assediadores na escola”, grita, sob aplausos de seus colegas.

A denúncia gerou bastante repercussão nas redes sociais, com inúmeros perfis de mulheres revelando que também sofreram assédio naquela mesma escola.

Posicionamento da direção
De acordo com o jornal Diário da Manhã, a aluna, que não teve a identidade revelada, desabafou após uma amiga ter sido assediada por um professor. Em nota reproduzida pelo veículo, a escola confirmou que uma discente procurou a coordenação para denunciar o profissional.

“Ele vem tendo comportamento estranho comigo e sempre falando coisas com duplo sentido”, teria relatado a vítima antes de “ir embora”, como explicou a instituição.

A nota diz ainda que a coordenação foi procurada por outras alunas cobrando uma ação contra o professor, mas explicou que a demissão de um profissional “não é tão simples assim” e que seriam necessários “mais dados ou ocorrências”.

O colégio relata ter conversado com o tal docente, que negou ter praticado assédio, mas “confirmou o comportamento inadequado”. “Ele foi advertido e comprometeu-se a prestar esclarecimentos à família, ciente de que isso não impediria providências a serem tomadas, como ouvidoria, sindicância, processo administrativo e afins, caso fosse interesse da família.”

*Fonte: Ceilândia Muita Treta – Yahoo Notícias

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
Queremos ouvir você! Ajude o Portal de Brazlândia a ficar com a sua cara.
👋 Mande sua mensagem, notícia, elogio, reclamação ou dúvida sobre anúncio

Os cookies nos ajudam a fornecer, proteger e melhorar nossos produtos e serviços. Ao usar nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Configurações de cookies

Abaixo você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalOur website uses functional cookies. These cookies are necessary to let our website work.

AnalyticalOur website uses analytical cookies to make it possible to analyze our website and optimize for the purpose of a.o. the usability.

Social mediaOur website places social media cookies to show you 3rd party content like YouTube and FaceBook. These cookies may track your personal data.

AdvertisingOur website places advertising cookies to show you 3rd party advertisements based on your interests. These cookies may track your personal data.

OtherOur website places 3rd party cookies from other 3rd party services which aren't Analytical, Social media or Advertising.