Alerta laranja: umidade do ar pode chegar a 15% no DF nesta quarta (25/8)

Clima seco se intensificou na capital e a umidade relativa do ar, no período da tarde, está variando entre 20% e 15% nesta quarta-feira (25/8)

O Distrito Federal entra no período mais crítico da seca e capital fica em alerta laranja. Nesta quarta-feira (25/8), a umidade relativa do ar está variando entre 20% e 15%, no período da tarde. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a tendência é que a secura permaneça e se intensifique ao longo dos próximos três dias. 

Na região do Gama, por volta das 14h, a umidade relativa do ar estava em torno de 19%. Segundo o meteorologista do Inmet Francisco de Assis, no próximo sábado (28/8) o clima deve ficar ainda mais seco com a umidade abaixo dos 15%. “Um prenúncio para a chuva que pode ocorrer na noite de domingo para segunda”, ressalta Assis. 

Com o tempo mais seco, os cuidados com a saúde devem ser redobrados. A orientação da Defesa Civil e de profissionais da área da saúde é que a população beba mais água ao longo do dia, pelo menos, seis copos de água. Pingar duas gostas de soro fisiológico em cada narina, ter toalhas molhadas e bacias de água nos quartos, também são algumas das recomendações para aliviar os incômodos que esse clima traz. 

A umidade mais baixa registrada neste ano de 2021 foi em 15 de julho, nas regiões do Gama e na estação de Águas Emendadas, em Planaltina. Nas duas localidades, o Inmet registrou 15% de umidade relativa do ar no período mais quente do dia.  

Confira a orientação para cada nível de medição da umidade:

Entre 21% e 30% por cinco dias consecutivos: estado de atenção
– Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11h e 15h;
– Umidificar o ambiente por meio de vaporizadores, toalhas molhadas e recipientes com água;
– Consumir água à vontade.

Entre 12% e 20% por dois dias seguidos: estado de alerta
– Observar as recomendações do estado de atenção;
– Não fazer exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10h e 17h;
– Evitar aglomerações em ambientes fechados;
– Usar soro fisiológico nos olhos e nas narinas.

Abaixo de 12% por dois dias seguidos: estado de emergência
– Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta;
– Interromper qualquer atividade ao ar livre entre 10h e 16h;
– Manter os ambientes internos úmidos.

FONTE: Correio Braziliense

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.