Alegando questões sanitárias, Brasília não terá Carnaval em 2022, diz secretário

Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF não trabalha com a possibilidade de ocorrer celebração do Carnaval em 2022.

“A gente imagina que, mesmo tendo a vacinação ampliada, isso não é uma garantia do fim da propagação do vírus. Então, não quero que o Estado tenha essa responsabilidade de provocar aglomerações”, explicou.

De acordo com o gestor, não há possibilidade de estabelecer protocolos de segurança sanitária durante os dias de folia. “É impossível dizer que vai ser com refrigerante, suco de laranja e que ninguém pode beijar”, comenta.

Dessa forma, Bartolomeu diz que a ideia da secretaria é ajudar os blocos e as escolas de samba de outras maneiras. “Temos compreensão de que este é um dos segmentos mais prejudicados, entre os tantos que sofreram. Vamos fazer cursos de capacitação para escolas de Carnaval para a gente não deixar a cadeia parada, desde a costureira até aquele que toca instrumento”, detalha.

Questionado se há chance de esta decisão ser mudada após avaliação conjunta com o governador Ibaneis Rocha (MDB) e a Secretaria de Saúde, o chefe da pasta diz que sim, mas não crê que ocorra, de fato. “Não acredito nessa possibilidade, sou muito pé no chão nesse sentido”, ressalta.

* Fonte: Matheus Garzon, Francisco Dutra do Metrópoles

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.