domingo, 24 outubro de 2021
Aqui você fica por dentro de tudo que acontece em Brazlândia.

Brazlândia – DF

DestaquePaulo Sá - Business

10 DICAS para ter mais amigos e ser popular hoje. 1-A importância de sorrir.

9 Mins read

Paulo Sá – Empresário

Seja sincero, você gosta de pessoas mal-humoradas, que estão sempre de cara fechada por perto? Imagino que não. Ninguém se sente bem com esse tipo de energia e sentimento que o mau humor provoca, portanto, a primeira dica do seu manual para ter mais amigos e ser popular é começar a
praticar o sorriso, pois essa arte tende a te render muitos frutos.

Bem, se tem dificuldade de sorrir podemos elencar alguns motivos, como: algum trauma, momento ruim da vida ou então no ambiente ao qual foi exposto no seu processo de transformação e crescimento as pessoas eram mal humoradas e também não sorriam. Vamos a cada um dos possíveis problemas:

  • Trauma: a coisa mais normal é termos traumas em nossas vidas, porém uns superam, outros não e por mais que ache que não tenha nenhum tipo de ferida não curada, pode-se dizer que existe uma grande probabilidade de isso estar acontecendo. Por exemplo: uma situação muito normal que nos acomete é em nosso ambiente escolar, pois existem Sorria 1/10
    muitas brincadeiras que nem sempre julgamos engraçadas, os famosos bullyngs. Imagine que
    sempre foi sorridente e feliz, no entanto, em algum momento dessa fase passou por uma situação bastante traumática, ao qual imagina que já tenha curado, quando na verdade só encaminhou essa informação para sua “caixa-preta” (inconsciente), porém, está armazenada ali dentro de você como uma trava que não te deixa sorrir mais, afinal se sorrir poderá passar pela mesma situação novamente? Já pensou? Não só no ambiente escolar, mas em qualquer área da sua vida. Dica: faça uma avaliação interna mais profunda procurando identificar os motivos que o levaram a não conseguir sorrir, qual é sua trava, qual é o agente punidor que não o deixa sorrir e ser feliz, afinal sorrir é uma excelente terapia para quem quer mais saúde.

 

  • Momento ou fase ruim: não é novidade que a nossa vida é cíclica, ora estamos ótimos em determinadas áreas da vida, outras não, porém a evolução acontece no momento em que conseguimos equilibrar com uma nota bem alta em todos os pilares de nossas vidas. E sim, terá momentos de dor, sacrifício e de muito sofrimento e seria muito superficial da minha parte dizer que é fácil sorrir o tempo todo, afinal tudo vai passar. Mas pense bem, não há mal que dure o tempo todo, nem bem que perdure também. Logo, nos momentos de dificuldade procure se apegar às coisas de relevado valor para você, algo profundo, que mesmo o mundo desabando você ainda tem algo para te fortalecer. Por exemplo: em determinado momento da vida passei por uma terrível crise financeira, algo para desestabilizar a vida de qualquer pessoa e sinceramente uma crise financeira não desmorona só o seu bom humor, mas o seu
    emocional como inteiro, você começa a se perguntar se é realmente bom em qualquer coisa
    que fizer, isso é terrível! E por mais que eu soubesse que a situação passaria eu estava
    derrotado, porém não me esquecia de uma coisa que acarretaria em outra: eu tinha saúde física e mental o que me permitia mudar o cenário.            Dica: se não passou por uma crise, seja em qual área for, te digo que há uma grande possibilidade que isso aconteça, e quando acontecer, lembre-se de tudo que já conquistou, das pessoas a sua volta, das que dependem de você e que certamente essa situação se tornará menos traumatizante vendo como um aprendizado, sorrindo e entendo o momento, fazendo de tudo que tem que ser feito para sair da situação e tão logo volte à normalidade, mas sempre, com um sorriso estampado em seu rosto.

 

  • Ambiente ao qual foi exposto: eu cresci em uma família que não tinha o costume de abraçar de
    forma mais intima, com mais calor e emoção, porém imaginava que não só não gostava, como
    também não sabia empregar esse tipo de saudação nas pessoas. Ocorre que amo abraçar, é muito bom, porém só descobri isso na minha vida adulta me permitindo sentir coisas novas e sentimentos novos e um deles era o abraço que não vivo sem hoje.                                                                    Dica: tente se basear em diferentes contextos, não somente ao qual foi exposto, isso te permitirá ter uma análise mais ampla do tema que for refletir, pois verificar um mundo tão imenso e cheio de infinitas possibilidades apenas por um prisma dotado de várias crenças que na maioria das vezes serão nocivas a você, afinal, o mundo está em constante mudança e quem não se adapta tende a sofrer mais.

 

E o que a ciência diz sobre?

Se você é do tipo pessimista ou rabugento, eis um motivo de peso para povoar a cabeça com pensamentos mais positivos: a sua saúde. Sim, as evidências apontam que pessoas dominadas pelas emoções negativas têm mais risco de desenvolver uma série de doenças e até de ter um “piripaque” potencialmente fatal. Em um estudo publicado em 2014 no Stroke, periódico da Associação Americana de Cardiologia (AHA). Os pesquisadores avaliaram os níveis de estresse, sintomas depressivos, raiva e hostilidade de mais de 6 mil pessoas entre os 45 e os 84 anos e acompanharam a saúde do grupo pelos anos seguintes. Eles notaram que o índice de derrames e ataques isquêmicos transitórios entupimento temporário de um vaso sanguíneo do cérebro que é um precursor do AVC- era significativamente maior em indivíduos mais tristes, estressados e hostis. Embora os mecanismos por trás dessa relação não estejam totalmente claros, é fato que pessimistas
costumam estar tensos. E a tensão constante favorece o aparecimento de distúrbios como o diabetes e a hipertensão arterial.

Estresse aumenta nível de cortisol no corpo “O estresse crônico aumenta o nível de cortisol em circulação, hormônio que financia inflamações e, a longo prazo, afeta até a imunidade”, explica Paulo Camiz, geriatra e clínico geral do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo (USP). Sem contar que, sob a perspectiva sempre negativa, a autoestima pode ser abalada e, aí, tendemos a cuidar menos de nós e, consequentemente, da saúde. Ninguém está dizendo que o certo é ser feliz toda hora -até mesmo porque, sabemos, que isso é praticamente impossível. O problema é quando os
pensamentos negativos como hostilidade, cinismo, agressividade e outros passam a dominar a mente. “Se eles prevalecem, podem levar a uma depressão no futuro”, alerta Camiz. E ela, como se sabe, é outro fator de risco importante para doenças cardiovasculares. O lado bom do mau-humor
para os rabugentos, vale esclarecer antes de tudo que nem todo mau humor é ruim. Pelo contrário, aliás. “Existem pessoas que são mal-humoradas naturalmente e, no geral, todo pensamento inclui também um lado negativo”, explica Luiz Scocca, psiquiatra membro da AAP (Associação
Americana de Psiquiatria). Segundo Scocca, ele pode ainda nos deixar mais focados, concentrados. Fora que não há nada de errado em sentir-se mal, triste, irritado, frustrado ou pessimista. “Há uma ilusão de que devemos estar contentes o tempo todo, satisfeitos, mas isso é impraticável, um conceito do qual devemos nos livrar”, aponta o médico. Rir é o melhor remédio. Por outro lado, evidências a favor do pensamento positivo não faltam. E essa relação já é conhecida há anos.

Em 2009, a mesma AHA publicou um estudo enorme, feito com quase 100 mil mulheres, dizendo que as otimistas tinham menos incidência de doenças cardiovasculares – 43 casos a cada 10 mil mulheres, contra 60 no grupo das mais pessimistas. As justificativas para esse elo também não estão
bem estabelecidas, mas não há dúvidas de que, sim, otimistas vivem mais e melhor. “Uma pessoa otimista não se deixa abater e o corpo dela acaba de se estruturando de acordo com isso”, diz Camiz. O efeito está relacionado à resiliência, nossa capacidade de se recuperar das Sorria 1/10
adversidades da vida. O riso em si já trabalha em nome da saúde e bem-estar. “Dar risada libera endorfinas, neurotransmissores que têm efeito semelhante ao de um analgésico”, destaca Fábio Porto, neurologista do Hospital das Clínicas da USP. Não só as gargalhadas combatem a dor
como podem ainda proteger o coração. Neste trabalho de 2016 da Universidade de Tóquio, no Japão, mais de 20 mil pessoas de 65 anos tiveram a saúde e a frequência das risadas estudadas. E, mesmo excluindo outros fatores de risco como excesso de peso, depressão e hipertensão, a prevalência de males cardíacos entre os que quase nunca riam era mais alta do que a dos participantes que relataram rir todos os dias. (Pinheiro 2018).

Recapitulando, o riso pode nos trazer muitos benefícios diretos:
1. Aumenta a longevidade – Quem sorri vive mais tempo e parece mais jovem. O sorriso natural rejuvenesce o rosto pelo menos 3 anos e quem sorri mais pode ter a sua expectativa de vida prolongada por até 7 anos. Sorrir, em suma, é uma garantia real para se sentir sempre jovem.

2. Fortalece o sistema imunológico – Sorrir ajuda o corpo a relaxar. O relaxamento permite que
o sistema imunológico reaja mais rapidamente e de forma mais eficaz perante ameaças. Se o nosso sistema imunológico funcionar melhor, adoecemos menos, e nosso estado de saúde ganha muito com isso.

3. Reduz o estresse – Sorrindo muitas vezes naturalmente, aliviamos o estresse. As vezes os sintomas do estresse podem ser lidos no rosto, mas um sorriso pode nos ajudar a termos um olhar menos cansado e abatido. Então, quando você estiver se sentindo estressado, tente tomar uma respiração
profunda e dê um belo sorriso. Ele vai ajudar você a se sentir um pouco melhor.

4. Pressão Arterial – Sorrir ajuda a reduzir a pressão arterial e diminuir os batimentos cardíacos. Isto significa que o nosso coração trabalha melhor e sem fadiga também. Pessoas que sorriem, muitas vezes são menos propensas a desenvolverem doenças cardíacas e desfrutam de um melhor estado de saúde.

5. Bom humor – Sorrir, ou ver uma pessoa sorrindo, nos coloca em um bom humor. Por quê? Por causa das endorfinas que nos ajudam a deixar de lado a tristeza e a melancolia. Quando você se
sentir um pouco para baixo, tente sorrir. O efeito de um belo sorriso, mesmo inicialmente forçado, é imediato sobre o humor.

6. Produtividade – Sorrir faz bem e é de grande eficiência também no local de trabalho. Quem sorri e tem bom humor é geralmente mais produtivo e trabalha melhor. Então, de vez em quando, faça
uma pausa divertida para retomar o trabalho na maior boa vontade.

7. Cérebro –  O humor é uma verdadeira academia para o cérebro e sorrir o ajuda muito a exercitar-se. O exercício mental de rir ajuda a manter o cérebro trabalhando e isso é bom seja para o humor que fisicamente, tanto quanto fazer uma corrida ou um jogar uma partida de tênis. De acordo com as últimas pesquisas, o humor é capaz de aumentar a nossa força para os desafios da vida e a nossa flexibilidade mental.

8. Relações sociais – De acordo com um estudo realizado na Inglaterra, os sorrisos genuínos nos ajudam a estreitar relações sociais sinceras enquanto os sorrisos não espontâneos, feitos somente por educação, nos distancia dos outros. De acordo com especialistas, os sorrisos genuínos são uma valiosa forma de recompensa social. Fazem bem em nós mesmos e àqueles que nos rodeiam. Sorrindo, também se estimula a empatia e se incentiva o otimismo.

9. Reduz o risco de AVC – De acordo com a pesquisa apresentada pela American Stroke Association, ser pessimista e ver tudo escuro, nos expõe a um maior risco de AVC – Acidente Vascular Cerebral. O nosso modo de ser e o nosso caráter realmente afetam o nosso estado de saúde. Por isso, sempre tente ver o lado positivo das coisas. Podemos escolher sermos felizes e otimistas para nos sentirmos melhor, imediatamente!

10. Aumenta a confiança – Quando as pessoas ao nosso redor sorriem sinceramente, tendemos a confiar-lhes muito mais. A confiança é um componente muito importante em nossas relações com os
outros, mesmo que sejam apenas conhecidos. Basta dizer que algumas relações nasceram graças a um simples sorriso.

11. Estimula a concentração –  O estresse pode restringir nossa capacidade de atenção e
concentração. Uma das armas mais eficazes para garantir ao nosso corpo um momento de relax é o sorriso. Sorrir neutraliza o efeito negativo do estresse e reabre nossas mentes para a melhor capacidade de percepção e realização de multitarefas.

12. Reduzir a dor –  O sorriso e a risada estão ambos associados a uma redução da dor. Graças ao sorrir e ao rir, endorfinas são liberadas no organismo, o que não só melhorar o humor, mas também nos ajudar a suportar e aliviar a dor. Este é o segredo do sucesso da terapia de palhaços em hospitais.

13. A chave para o sucesso – Sorrir te dá segurança e pode ser a chave para o sucesso,
tanto na vida pessoal quanto no trabalho. Sorrindo, as pessoas tendem a atrair relacionamentos gratificantes e a ter feedbacks mais positivos. Sorrindo nos dispomos mais a aceitarmos a ajuda dos outros, e ficamos mais abertos ao diálogo pacífico, dando o sinal de que não estamos interessados na competição e tendemos a propormos as ideias vencedoras.

14. Tornar-se mais atraente –  O sorriso torna as pessoas mais atraentes e simpáticas.
Apertar a mão de uma pessoa que sorri é uma experiência agradável e que melhora a nossa primeira impressão sobre novas amizades. Quem sorri, muitas vezes aparece à vontade e mais aberto aos outros do que aqueles que tendem sempre a fazerem um beicinho.

15. Yoga do riso –  E se de um simples sorriso nascesse uma boa risada? Rir faz bem. Isto é confirmado pelos numerosos benefícios da Yoga do riso, que ladeiam os efeitos positivos do simples
sorriso, superando o estresse, a raiva, o medo e a dor. (Florios, 2014)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WeCreativez WhatsApp Support
Nossa equipe de suporte ao cliente está aqui para lhe ajudar.
👋 Anuncie com a gente!

Os cookies nos ajudam a fornecer, proteger e melhorar nossos produtos e serviços. Ao usar nosso site, você concorda com o uso de cookies.

Configurações de cookies

Abaixo você pode escolher quais tipos de cookies permitem neste site. Clique no botão "Salvar configurações de cookies" para aplicar sua escolha.

FunctionalOur website uses functional cookies. These cookies are necessary to let our website work.

AnalyticalOur website uses analytical cookies to make it possible to analyze our website and optimize for the purpose of a.o. the usability.

Social mediaOur website places social media cookies to show you 3rd party content like YouTube and FaceBook. These cookies may track your personal data.

AdvertisingOur website places advertising cookies to show you 3rd party advertisements based on your interests. These cookies may track your personal data.

OtherOur website places 3rd party cookies from other 3rd party services which aren't Analytical, Social media or Advertising.